O Teorema da Água Fria



%#$&{~*!!!... 'dâââââ-se!... #£%#}!!!!...

Quantos de nós não reagimos já assim, ao sentir a porra da água fria bater-nos (é, na minha opinião, o termos mais correcto) nas mãos ou na cara, de manhã, vinda (furiosa) da malfadada torneira da casa-de-banho?

Parece-me uma situação tão banal quanto problemática.

No meu caso, o 'típico' início de manhã (até ao momento fatídico) é mais ou menos assim...

Toca o despertador, eu deixo tocar....
5 minutos depois, toca outra vez (o estúpido!!...) e eu lá me levanto.
Acontece o bocejo matinal (sempre profundo) e, muitas vezes, segue-se o chamado "tombo abre-olhos" (que é para um gajo aprender a levantar devagarinho e não forçar o processo natural da abertura da pálpebra ocular)...

E é com a "boa" disposição de um canguru-bebé tirado da quentinha bolsa marsupial e de um atleta acabadinho de se lesionar que a malta se dirige para a casa-de-banho.

Ora, sendo assim... algo de bom se pode esperar do que vem a seguir?
Antes viesse, porque o acordar só de si já é mau que baste... mas não.

Ligo a torneira (um acto perfeitamente inocente) e...
%#$&{~*!!!... 'dâââââ-se!... #£%#<#}!!!!... Água fria!!!!
Ou melhor... frrrrrrrrrrrrrrrriiiiiiiaaaaa!

De fazer gelar os ossos e diminuir (mesmo sem contacto directo) as dimensões de outras partes do corpo (que sorte têm as mulheres...).

É tal o choque térmico - e não só - que não só acordamos como também "ganhamos o dia" logo às 8 'da madrugada'.
É uma situação a fazer lembrar aquela expressão "albarraniana" (sempre com o cotovelo apoiado no joelho, não esquecer... se não, não soa bem):
«O draaama!... O horrrroor!...» (and sóióne... and sóióne...)

Neste momento, surge a Advocacia do Diabo que argumenta:
«Ó totó! Mas as torneiras também têm água quente! Liga-a! Só tens frio se queres! Parvo...!»
Pois... talvez... se a malta às 8 da madrugada já fosse um ser humano de pleno direito.
Mas não é o que acontece.
A essa hora (asseguro) estou longe de ser um homo sapiens...
No máximo dos máximos, estou numa fase anterior da Teoria Evolutiva, conhecida como homo erectus (mais uma vez... que sorte têm as mulheres...).

Por isso, a cena da escolha matinal e consciente entre frio e quente na torneira não se põe.
Não para mim, pelo menos.

Mas algo de bom - incrivelmente! - emerge desta situação diariamente vivida e sofrida.
A partir desse momento... o dia SÓ PODE melhorar!
Pior do que o #£%#}!!! matinal...!

Ora... e se é por um bem maior...
Pôrra! Que se lixe o bem maior!!!
Quer dizer que amanhã vai ser a mesma coisa????... Ah, pois vai!...
Sim... Porque amanhã, às 8 da 'aurora', desconfio (ou melhor... tenho essa dolorosa certeza) que esteja de volta à regressão na evolução humana e a levar com a "chapada" da água fria da torneira da minha casa-de-banho...

%#$&{~*!!!... 'dâââââ-se!... #£%#>}!!!!...



1 inSensinho(s) assim...:

Tampinha disse...

Como diz uma amiga: "há as pessoas e há os homens; não podemos lidar com os dois da mesma forma"!
Podes dizer-me em que parte do dia a vossa "raça" obedece à Teoria Evolutiva?!