Desperta Amor?!?... Dahhhh!...


Já falta pouco. Pouco mais de 15 dias... e está aí a absoluta parvoíce que rodeia o - também ele muito parvo - Dia dos Namorados.

Antes de tudo mais, sempre achei muito estranho o conceito de ter de haver um dia para TODOS os casais de (e)namorados celebrarem - ao mesmo tempo - o facto de... pronto... gostarem da sua "cara metade".

A sério que não percebo.
Já não basta assinalar-se o aniversário do início da relação (cortesia da "fantástica" memória selectiva das moçoilas com quem namoramos, claro; que gajo que é gajo... esquece-se sempre)?
Pelos vistos, não. Tinha de haver mais uma efeméride para justificar uma ida às lojas, que até aproveitam a ocasião para, à caça de negócio, apetrechar as montras com 378216544188765443 "produtos cor-de-rosa", com milhentos coraçõezinhos e outras paneleirices afins...

Bom... foi provavelmente nessa onda que embarcou o "iluminado" inventor do Desperta Amor (ou despertamor - como aparece no
site).

Há dias, recebi um mail que me alertava para esta nova parvoíce.
O que é um Desperta Amor?...
Ora, deixa-me cá ver se eu consigo explicar...


O Desperta Amor é um aparelho electrónico (ou, mais precisamente, dois... complementares, em forma de "Yin Yang") que fica na posse de cada um dos elementos do casal. Em períodos aleatórios, o aparelho (e passo a citar o site - eles não se devem importar nadinha... digo eu...) «toca uma música romântica para que a relação seja sempre lembrada. Nunca saberá quando a melodia desperta, mas uma coisa é certa: sempre que ouvir o Desperta Amor, a pessoa amada estará a pensar em si, pois a melodia toca simultaneamente e em qualquer parte do mundo!»

É... PARVO!

Em suma, esta porra não passa de um "bip" que se lembra de tocar a qualquer hora... e isso significa que a namoradinha está a pensar na malta, fazendo com que fiquemos mais apaixonados??? Está bem, está!...

Assim de repente, lembro-me já "de rajada" de uma "mão-cheia" de argumentos contra a chamada aquisição do equipamento...

UM... A malta está a chonar, dormir ou roncar profundamente. Aquela coisa toca para aí a umas 4 da matina (sim... porque aquilo toca em qualquer parte do mundo onde se esteja, sem olhar a fusos horários)... E isso é suposto fazer-me gostar mais da miúda??? O MELHOR que pode acontecer é eu mandar com aquela gaita contra a parede, virar-me para o lado, continuar a dormir e de manhã encontrar os "restos mortais" do Desperta Amor, pensando «Olha!... Partiu-se. Mas... como?!?». Sim; este é o melhor cenário... o pior é mandar logo a moça prás urtigas, simplesmente. Uma noite bem dormida é um "tesouro" a preservar, meus amigos.

DOIS... Um gajo está numa reunião importante. O Desperta Amor está no chaveiro e - como não pode ser desligado (pode tocar a qualquer hora...) - toca, fazendo com que o patrão (que detesta telemóveis, bip's, iPod's, laptops, agendas electrónicas e tudo o que for tecnologicamente mais avançado do que um bloco de papel e um lápis afiado com uma navalhita...) diga imediatamente as "palavras mágicas": «Xôr K@... xôr K@... Então não sabe que não se traz essas coisas pr'as reuniões, pá?... Pois é... O balancete até nem estava mau, não xôr... Mas pronto... vá lá dar uma voltinha ao bilhar grande, sim? E olhe... Não deixe nada na secretária que a gente precisa dela para meter o estagiário novo, ok?...». Mais uma vez, sem pensar duas vezes, aplica-se LOGO o pior cenário possível... por causa das "tosses".

TRÊS... A vizinha do 5º Esquerdo veio pedir uma chávena de açúcar para poder acabar o bolo que está a fazer. Nunca tinha reparado que ela é jeitosa como tudo... O convite para provar o bolo está quase a ser feito... A brincadeira com o facto de eu também ser um bom "Chef de Cuisine", ainda para mais se só tiver vestido... o avental... resultou num belo sorriso... TOCA A PORRA DO DESPERTA AMOR!!!!... «Ah! Também tem um desses!... Pois... A mim também me deram um... mas já não namoro com o rapaz... Deitei fora o aparelho. Você tem um... bom... vou andando para casa e ligar a uns amigos meus para vir comer o bolo... Obrigadinha pelo açúcar, sim?»...

Gajos... NÃO SE METAM NISTO!!!!!

O Desperta Amor não alimenta uma relação. Estraga-nos é a vida!
Se elas começarem com coisas («Ai olha... tão giro! Que ideia tão querida!...»), orientem-se!
Vão à florista e comprem uma dúzia de rosas vermelhas.
Acreditem que não terão tantos problemas!...

Quero lá saber que aquilo toque uma musiquinha do Beethoven, que possa ser usado como pendente ou porta-chaves, que traga livro de instruções...

Aquilo até é caro, pá!!

Ah!... E para a malta gostar... não vejo necessidade que tenha de ser um chip a "ordenar" que se lembre que gosta.

Mas, lá está... talvez seja só eu... que sou um gajo que, por exemplo, até prefere as mulheres sem pinturas, porque as acho mais bonitas sem o recurso a qualquer coisa que seja artificial...




8 inSensinho(s) assim...:

LN disse...

Esse teu pensamento não é exclusivo da classe masculina, na verdade, esse tal "DespertaSejaLáOQueFor" é no minimo ridiculo, e eu que já destruí uns quantos despertadores não ia ter grande dificuldade em fazer esse berlicoque desaparecer da face da terra, ou pelo menos do meu quarto, quanto a tocar numa reunião, ia ser muito menos problemático porque o telemóvel do chefe é bem mais irritante (a músiquinha é no minimo pindérica).

covinhas disse...

também acho ridiculo o dia dos namorados. é ridiculo entrar no restaurante com os amigos e so ver mesas preparadas para duas pessoas...olhas a volta e ves casalinhos de mao dada (no dia a seguir estoa as turras, mas...),. ele é flores em cima das mesas, bonecos de pelucia...e por ai fora. mas não é bem melhor ficar em casa, preparar um delicioso jantar, beber um vinhinho...é isso que eu vou fazer!

Didas disse...

Não me estou a ver a comprar essa cena...

kamusic disse...

Escusado será dizer que é uma data que só ñ me passou sempre ao lado porque, volta e meia, combinava um jantar com algumas amigas...que, como eu, estivessem "sozinhas por opção"! :) De facto, também nunca cheguei a passar essa data com ninguém...
Enfim, claro que não é por ser o Dia dos Namorados que se vai fazer algo de especial (embora se possa fazer na mesma)...ou, pelo menos, não deveria ser só nesse dia! Para ñ falar no consumismo que é, já, intrínseca à comemoração!!!
Quanto a esse aparelho, ainda ñ tinha ouvido falar (estamos sempre a aprender). Mas, neste caso, acho que é mais DESaprender! Nos dias que correm ñ é de estranhar, mas é triste quando um casal tem de recorrer a algo do género! Sem mais comentários...

Agora passando à parte menos séria:

"TRÊS... A vizinha do 5º Esquerdo veio pedir uma chávena de açúcar para poder acabar o bolo que está a fazer (...)" - gaijo que é gaijo pensa sempre em todas as hipóteses (possíveis e imaginárias) - that's life!;

"Ah!... E para a malta gostar... não vejo necessidade que tenha de ser um chip a "ordenar" que se lembre que gosta" - déjà vu! :)

Fiquem bem.

VL disse...

antes de mais queria dizer que mais ridículo que o desperta amor, é a forma como escreves!
sim sou contra o desperta amor, para alem de ser ridículo as relações tem que se manter por elas mesmas.
ainda assim a forma estúpida e machista como escreves ultrapassa tudo :) não não são só os "gajos" que não gostam..
para alem que não são só os "gajos" que dormem ou que tem reuniões ou ate que se metem com o vizinho do 5º andar ;)
por isso por muito ridículo que o aparelho possa ser, conseguis-te ser ainda mais ridículo que ele mesmo, e olha parabéns que é complicado.
forma de escrever é simplesmente repugnante, enfim ve se para a próxima constróis um bom texto, e não uma coisa a dar meia dúzia de opiniões mal formadas ;)
porque o aparelho é de facto estúpido, mas conseguis-te ser infantil, idiota, vulgar, e ainda mais estúpido pela forma como construís-te esta coisa.
eu que tinha uma péssima impressão do aparelho , agora penso que o aparelho sem duvida não é das coisas mais ridículas que pode existir, neste site encontrei bem pior !
e vê lá se não é mesmo a tua namorada que esta com o vizinho do 5º andar ou numa reunião com um chefe a dar em cima dela ;) machista do pior ! como se as mulheres fossem muito dependentes dos homens e os homens nada dependentes da sua mulher LOL queres mais uma novidade? conheço centenas de homens a qual as mulheres se fazem de dependentes que os amam muito e tem una 10 atrás.. e ele esta certo q ela o ama LOL são burros mesmo.. machistas como tu não vão longe.. mas como ate duvido que tenhas namorada lol, ve se aprendes algumas coisinhas para mais tarde não ficares á nora ;)

VL disse...

e por mais que chames a isto um espaço de humor..
se isto é humor vou aqui e já volto lol enfim, aprende a escrever textos bem formados, existem inúmeras formas de fazer humor em bons textos e não neste tipo de .. "coisa"

Anónimo disse...

A idéia pode ser meio torta, porem ah pessoas que SIM gostam, e o legal é respeitar os gostos alheios. Eu não vejo necessidade em usar esse aparelho, pois creio que não necessita de um "despertador" pra voce lembra do seu namorado (a). Ah, eu eu amo o dia dos namorados, qq data ou oportunidade que tenho de ficar junto do meu namorado é bem vinda. Já que só o vejo uma unica vez na semana! Falar que odeia algo ou até mesmo uma data como essa, é no minimo a pessoa ser mal amada! :)

Anónimo disse...

E verdade.
ISto e tudo uma treta só toca quando lhe apetece.
Qyue ninguem compre esta porcaria