United Colors of Piss

Este blog, mesmo que imbecil, tem potencial económico, claramente com espaço para o bom marketing e – acima de tudo – para ideias luminosas de produtos de merchandising. Esta certeza advém de um comentário aqui feito por um leitor: «Quando é que disponibilizas o calendário InSensato, e te deixas de conversas hã?... Isso é que era!». Ora, se o calendário (que ainda ninguém – nem eu – percebeu onde está à venda) tem sucesso, há outros produtos que também podem safar-se.

Nesse particular, há uns dias que ando a incubar um conceito que acredito ser absolutamente vencedor. Digamos apenas que se trata do “cruzamento” de outros dois conceitos (já) vencedores, o que só pode predizer o sucesso deste novo produto (tão novo que é um produto que ainda nem sequer foi produzido).

A saber… o primeiro conceito inspirador é o das lentes de contacto descartáveis, decoradas com motivos Pop Art. O segundo… é o dos pequenos blocos de detergente que põem a água da sanita azul ou verde. Ainda que não aparentando grande ligação, há quem ache (leia-se, eu) que da fusão destas duas ideias pode sair um produto com grande potencial.

Apresento, então, em rigorosa estreia mundial (e interplanetária também) o próximo conceito vencedor com a chancela “InSenso Comum”: o
UrinCOLOR, Corante de Urina, para que mijar (em várias cores) seja divertido.

Urinar vai deixar de ser uma mera necessidade fisiológica. Os dias de micto banal, enfadonho, aborrecido… já eram! O futuro está aí já ao virar da esquina e urinar está a um pequeno passo de deixar de ser um acto rotineiro, solitário, envolto em vergonha, escondido em pequenos compartimentos de casa de banho, para passar a ser uma festa comunitária e divertida!

A minha ideia é criar uma forma simples de cada pessoa poder escolher, todos os dias, de que cor será a sua urina. Com as excepções do dourado transparente (por estar já muito batido) e do vermelho (para não criar confusões), o leque de tonalidades à disposição dos potenciais interessados seria o mais vasto possível, com destaque (porque é da moda) para os tons choque, fluorescentes e, por que não, até o preto, para os clientes “góticos”, por exemplo.

Eu falo por mim. O mínimo que eu faria com esta inovação era divertir-me a colorir a água da sanita todos os dias com uma cor diferente. Mas isto era o mínimo…! Escolheria a cor da minha urina consoante a minha disposição, antes de tudo mais. Da mesma forma que alguém faz uma tatuagem, a cor do micto podia ser uma espécie de assinatura pessoal de cada indivíduo. E, num dia de bebedeira, a chamada mijadela ao relento tornar-se-ia numa verdadeira festa, com todos os membros do grupo de amigos (embriagados, entenda-se) a partilharem em grande folia as cores garridas do micto, potenciado pelo consumo de cerveja e outros líquidos de teor alcoólico. No caso masculino, os clássicos concursos de Mijo em Comprimento seriam bem mais divertidos, para além de muito mais facilmente acompanhados pelos espectadores (as diferentes cores identificariam os concorrentes). Já no feminino, tudo não seria mais do que uma espécie de questão fashion, querendo sempre uma ter a cor mais na moda do que a próxima. As mulheres são assim.

Não vejo como pode este conceito não ser vencedor. Se alguma dúvida persistir, lanço ainda mais alguns dados. O produto, propriamente dito, apresentar-se-ia sob a forma de uma bebida (obviamente, com sabor agradável), de um pequeno comprimido (inócuo, excepto – claro – na interacção com a cor da urina) ou de uma pastilha elástica (que, inclusivamente, distrai). E mais. Por que não alterar também o odor do vil líquido? Aí, sim, mijar seria mesmo uma grande farra… e os recantos mais escondidos das nossas ruas agradeciam; ficavam mais bonitos e bem cheirosos.

Bom… está visto. Vou vender esta ideia à Benetton, que tanto alarido faz à volta das cores… e que também já se lançou no mundo das fragrâncias. Talvez haja aqui um patrocinador de peso para este conceito vencedor.

2 inSensinho(s) assim...:

O Vizinho disse...

K@... meu amigo... não sei como dizer isto...

Bom... olha... mandei uns senhores ir ter contigo. Eles são amigos.
Vão vestidos de branco, é o que está na moda, e levam uma linda camisa branca para ti.

;-)

Maria disse...

Essa perspectiva colorida agrada-me. Da próxima vez que fizesse análises já não me sentiria tão humilhada e vulnerável no momento de entregar o boiãozinho transparente ( por que raio são os boiões transparentes?!!)com o dito líquido.