A incongruência que Não há bela sem senão é

Há coisas que me irritam. Nisso, não sou melhor nem pior do que ninguém. Ouvi dizer que há coisas que irritam outras pessoas que não eu. Surpreendeu-me um bocadinho mas depois passou e nem sequer me doeu. E isso foi positivo.

Uma das coisas que me irritam é não concordar com uma expressão que não tem ponta de verdade e que continua a ser usada como se nada fosse, passando impunemente à exclusão que merecia, se o mundo fosse mesmo um sítio como deve ser.

Não há bela sem senão é uma dessas frases. Nunca a percebi bem.

Uma bela é muito mais bela sem um senão. Aliás, eu diria mesmo que com senão uma bela não é propriamente bela. Se tem senão, esse senão pode muito bem não ser bela. O senão é, portanto, o desmancha-prazeres da vida.

Se a vida é bela, se não há bela sem senão, e se o senão não deixa a bela ser tão bela quanto poderia ser (se não tivesse senão), então é o senão que está aqui a estragar a equação toda.

Para mim, a vida só seria verdadeiramente bela sem os senãos e arrisco mesmo um “Rai’s partam os senãos e a actividade deles, pá!”, só para soltar a bílis em relação a este assunto.

Imagine-se o seguinte cenário. Alguém faz amor, numa qualquer divisão da casa (não vou especificar, para que seja possível ao leitor ter essa réstia de fantasia que ajuda sempre na imaginação de um bom cenário deste tipo). Tudo é belo. Tudo está bem…. A campainha toca. A primeira reacção é dizer que “não há bela sem senão”, sendo, no caso, a campainha o senão desta equação. Mais do que desmancha-prazeres, este senão seria um verdadeiro estraga-f… isso.

Para vincar esta minha maneira de pensar, dou ainda outro exemplo. Giselle Bundchen. É bela. Ali não há senão. Se houvesse senão, não seria tão bela quanto é. Quero dizer… ter senão… já teve. Andou enrolada com o Di Caprio durante uns tempos. Foi o senão dela, gostar de tipos com 1,20m de altura. Obviamente, isto só é/foi um senão para os tipos com mais de 1,20m de altura, como eu. Todos os outros, sentiram ali que tinham uma hipótese com uma das miúdas mais giras do mundo.

Mas acho que isso passou e nem sequer lhe doeu. Temos todos (os altos e os baixos) que ficar felizes por isso.

1 inSensinho(s) assim...:

Minkah disse...

curioso...

:)